NOTÍCIAS

Banco australiano comete erro e vaza dados de 10 mil clientes

Erro grave em banco australiano!

Destaques do Dia

Banco australiano envia dados de 10 mil clientes para e-mail errado.

O Commonwealth Bank of Australia, o maior banco australiano, reconheceu na sexta-feira ter colocado em risco os dados confidenciais de 10.000 utilizadores. Esta quebra de segurança deveu-se a um erro humano.

Existem diversas formas através das quais uma empresa, ou neste caso um banco, pode colocar a informação dos seus utilizadores em risco. Mas o erro humano que deu origem a esta falha de segurança é no mínimo peculiar. O staff do banco enviou 651 e-mails para o endereço errado, que continham os dados confidenciais de 10.000 clientes. O erro deveu-se ao domínio: ao invés de enviar os e-mails para “cba.com.au”, os mesmos foram enviados simplesmente para “cba.com”, que pertence a uma companhia de cibersegurança dos Estados Unidos da América.

O banco afirma que os dados nunca estiveram em risco

“A nossa investigação confirmou que nenhuma informação de clientes foi comprometida enquanto resultado desta situação,” um dos executivos do banco autraliano, Angus Sullivan, referiu numa declaração (citado pela Gizmodo). “Nós sabemos, no entanto, que os clientes querem estar informados sobre a segurança da sua informação e sobre assuntos de privacidade e portanto já começamos a contactar os clientes afectados.”

Em 2016, a informação de 12 milhões de clientes do banco simplesmente caiu do camião

Não é o primeiro erro humano a colocar em risco o dado de clientes em que este banco esteve envolvido. Em Maio ficámos a saber que, em 2016, o banco simplesmente deixou de saber o paradeiro da informação de 12 milhões de clientes. A informação estava guardada em cassetes magnéticas que serviam de cópia de segurança para o histórico financeiro dos clientes. De acordo com a BuzzFeed, o banco contratou uma empresa para destruir as cassetes. Porém, não foi recebida nenhuma confirmação da destruição das cassetes e as mesmas não voltaram a ser encontradas. Segundo uma investigação posterior, o mais provável é terem caído do camião onde estavam a ser transportadas.

Fonte: Gizmodo

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close